Bem-vindo(a) ao Consultório Psicologia Familiar. Aqui poderá expor as suas questões e obter informações úteis sobre Vida Familiar.
ENVIE A SUA QUESTÃO.
As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato. Nenhuma resposta pressupõe um diagnóstico por parte da nossa equipa nem a substituição de um acompanhamento especializado.

POSTS RECENTES

Tipos de Ansiedade

Problemas de Ansiedade

Problemas de comunicação

Auto-Estima

Psicoterapia para Depress...

Casal Feliz, Como ser?

Casal e os Filhos de outr...

Bom relacionamento

Boa Relação Intima

Perturbação Bipolar

ARQUIVOS

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Setembro 2011

Quarta-feira, 14 de Março de 2012

Tive um Bébé. A Minha Relação Não é a Mesma

Clínica Psicologia Lisboa

 

Questão colocada: “Tive um bebé à 5 meses. Nós adoramos a Carminho, mas a minha mulher só vê a bebé. Deixou completamente de me ligar, dia e noite. A princípio achei que era normal pois falei com amigos que são pais e eles confirmaram que as mulheres ficam diferentes após o nascimento
dos bebés, mas agora já passaram 5 meses.

Posso fazer alguma coisa, ou perdi a minha mulher para sempre?

Bem na verdade ganhei uma bonequinha, mas será que há forma de ter as duas?”

 

Antes de mais Parabéns Papá. Nada mais bonito e especial que ter uma bonequinha de verdade!

Realmente quando nasce um bebé, as mamãs tendem a entrar num estado a que chamamos “loucura temporária”. O bebé é um ser muito frágil e totalmente dependente e é necessário cuidar dele. Junta-se o facto de que muitas das vezes a gravidez e o parto deixam a mulher, já por si, extremamente cansada e com as forças a sucumbirem. No regresso a casa, com o tesouro nos braços, a adaptação às noites mal dormidas e ao dia-a-dia sem grande espaço individual nem sempre é fácil. Tudo parece mais difícil ou quase impossível para a Mulher nestes primeiros tempos. Como arranjar tempo para um simples banho relaxante ou para ler um bom livro? Como dar conta das tarefas domésticas e das compras? Como gerir as horas das mamadas com as idas à rua? Como sair à rua com frio, calor, chuva? E como conseguir que as visitas se vão embora para aproveitar o tempo para fazer aquela sesta tão desesperadamente desejada?

A este adaptar ainda surge por vezes complicações pós-parto incomodativas e uma auto-imagem muito pouco gratificante. Se a Mulher aquando da gravidez não dava grande importância ao facto de estar gordinha, porque a barrigona aninhava o seu sonho, depois do nascimento as Mulheres tendem a ter pouca paciência para a gordura em excesso e para esperarem que o seu corpo volte ao lugar. Geralmente a sua auto-estima baixa, e têm vergonha de mostrar o corpo assim “deformado”.

 

Dicas para recuperar a sua Mulher:

 

  • Ajude-a com a bebé; tenha a iniciativa de dar banho e brincar com a bebé para que a mamã possa ter algum tempo para si mesma.
  • Ajude nas tarefas domésticas e nas compras; se a Mulher tiver mais tempo pode dedicar-se mais à vossa relação.
  • Sempre que puder, adormeça a bebé para dar folga à mamã; os passeios no corredor para acalmar as cólicas e as birrinhas de sono são extenuantes e não há desejo que sobreviva a tal cansaço.
  • Sugira tempos de descanso e passeios ao fim-de-semana, para tirar a mamã de dentro de casa; ver coisas e pessoas, normalizar a vida, permite uma mais rápida adaptação à nova condição.
  • Elogie a sua Mulher, e diga-lhe o quanto está bonita, mesmo que ela o contradiga; a Mulher tende a ver o seu próprio corpo deformado pelo que é importante que através dos seus olhos recupere a auto-estima.
    Adapte os seus hobbys e as suas rotinas à nova situação para que a sua Mulher não se sinta só e desacompanhada na parentalidade; dê a sua opinião sobre as coisas e faça sugestões.
  • Se possível, recorra à sua rede de suporte social para aliviar a tensão; de vez em quando proponha saídas a dois, onde a conjugalidade volte a emergir e não se aborreça se nas primeiras vezes a sua Mulher estiver muito ansiosa e sempre a telefonar para casa.
  • Seja o Marido afectuoso que sempre foi e seja compreensivo e verá que, mais rapidamente do que julga, terá a sua Mulher “de volta”.

 

Bom trabalho e Boa Sorte!

 

Clínica Psicologia Lisboa

Marque Consulta Psicologia

publicado por Clínica Psicologia Lisboa às 12:38
link do post | favorito

O Consultório Psicologia Familiar é desenvolvido pela Clínica Psicologia Lisboa.

TORNE-SE FÃ DA NOSSA PÁGINA
psicoterapiaDr. Pedro Albuquerque licenciou-se em Psicologia Clínica e do Aconselhamento, especializou-se em Psicoterapia de Grupo, Terapia de Casal e Coaching. Desenvolveu a sua práctica clínica no Hospital Júlio de Matos e em clínicas privadas. Possui estudos de doutoramento em Psicologia Clínica, pela Universidade de Coimbra. Formação em EMDR e Programação Neuro-Linguistica. É membro da Sociedade Portuguesa de Psicodrama, da Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar, da Sociedade Portuguesa de Psicoterapias Construtivistas e da Associação Portuguesa para o Mindfulness. É fundador da Clínica Psicologia Lisboa.

psicoterapiaDr. Ana Teresa Marques licenciou-se em Psicologia Clínica, especializou-se em Psicoterapia Individual, Terapia de Casal e da Familia. Desenvolveu a sua práctica clínica no Instituto de Cardiologia Preventiva e em clínicas privadas. É membro da Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar. É membro fundador da Associação Portuguesa para o Estudo e Prevenção dos Abusos Sexuais de Crianças e da Associação EMDR Portugal. É fundadora e Directora Clínica da Clínica Psicologia Lisboa.


CONTACTOS:
Morada: Av. João XXI, nº. 28, 2º.Dir, Lisboa
Telefone: 96 140 49 50
Telefone: 91 437 50 55
Email: clinica.psicologia.lisboa@gmail.com
Site: www.clinicapsicologialisboa.com

PESQUISAR NESTE BLOG

 

tags

todas as tags

links

SUBSCREVER FEEDS