Bem-vindo(a) ao Consultório Psicologia Familiar. Aqui poderá expor as suas questões e obter informações úteis sobre Vida Familiar.
ENVIE A SUA QUESTÃO.
As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato. Nenhuma resposta pressupõe um diagnóstico por parte da nossa equipa nem a substituição de um acompanhamento especializado.

POSTS RECENTES

Tipos de Ansiedade

Problemas de Ansiedade

Problemas de comunicação

Auto-Estima

Psicoterapia para Depress...

Casal Feliz, Como ser?

Casal e os Filhos de outr...

Bom relacionamento

Boa Relação Intima

Perturbação Bipolar

ARQUIVOS

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Setembro 2011

Domingo, 18 de Março de 2012

Paixão!

Amor - Clínica Psicologia Lisboa

 

Questão colocada: “Sinto-me extremamente apaixonada. Tão apaixonada que temo deixar de me sentir assim. As minhas amigas dizem-me que este é um estado passageiro e que mais cedo ou mais tarde, a paixão dará lugar a um amor mais calmo e sereno. Mas eu não queria perder esta adrenalina e este bem-estar. O que posso fazer para que nem eu nem o meu namorado deixemos de estar apaixonados?”

 

Compreendo a sua preocupação, porque quando estamos bem queremos manter-nos sempre bem mas tenha cuidado não vá essa preocupação prejudicar o seu estado de ânimo e esse mesmo bem-estar. É bem certo que a maioria das relações começa bem, mas muitas das vezes sem nos darmos conta, entramos numa rotina e num aborrecimento permanentes, que nos levam à exaustão e à quebra da relação. Por vezes quando questionados, os casais nem sabem o que lhe aconteceu nem aonde está o sentimento que primariamente os uniu.

 

Eis algumas dicas para manter a paixão, ano após ano:

 

  • Seja carinhosa e simpática; cada critica deve ser compensada com cerca de 5 elogios. Com o decorrer da vida a dois, é necessário que o casal se adapte aos hábitos e diferenças entre cada um e essa adaptação deve ser feita com carinho e gentileza e não apenas com crítica.
  • Preserve os seus momentos de intimidade, não deixando que factores externos, como a televisão e o computador entrem no seu quarto e quebrem a magia tão ansiada.
  • Nunca adormeça zangada com a pessoa que ama. Os conflitos são importantes mas é necessário sair dos mesmos de uma forma positiva e madura.
  • Saiba perdoar erros e não seja demasiado exigente; um casal é composto por pessoas diferentes que se adaptam um ao outro por Amor. Por vezes é necessário algum tempo e alguma paciência para que as pecinhas do puzzle se encaixem.
  • Dê Amor de todas as formas que se lembrar; tente fazer surpresas e ser criativa; a paixão não gosta de rotinas.  
  • Faça planos futuros e planos a curto prazo, sempre com a intenção de agradar. Sonhar em conjunto é também uma forma excelente de Amar.
  • Coloque todos os seus sentidos em activo, em nome da paixão. Olhe diariamente com atenção para o seu Amor; escute-o bem; aprecie o seu cheiro; dê-lhe a mão e toque-lhe no rosto. Sentiu aquele friozinho na barriga e uma sensação de vertigem?Bom trabalho, continua apaixonada!

 

Clínica Psicologia Lisboa

Marque Consulta Psicologia

publicado por Clínica Psicologia Lisboa às 20:00
link do post | favorito

O Consultório Psicologia Familiar é desenvolvido pela Clínica Psicologia Lisboa.

TORNE-SE FÃ DA NOSSA PÁGINA
psicoterapiaDr. Pedro Albuquerque licenciou-se em Psicologia Clínica e do Aconselhamento, especializou-se em Psicoterapia de Grupo, Terapia de Casal e Coaching. Desenvolveu a sua práctica clínica no Hospital Júlio de Matos e em clínicas privadas. Possui estudos de doutoramento em Psicologia Clínica, pela Universidade de Coimbra. Formação em EMDR e Programação Neuro-Linguistica. É membro da Sociedade Portuguesa de Psicodrama, da Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar, da Sociedade Portuguesa de Psicoterapias Construtivistas e da Associação Portuguesa para o Mindfulness. É fundador da Clínica Psicologia Lisboa.

psicoterapiaDr. Ana Teresa Marques licenciou-se em Psicologia Clínica, especializou-se em Psicoterapia Individual, Terapia de Casal e da Familia. Desenvolveu a sua práctica clínica no Instituto de Cardiologia Preventiva e em clínicas privadas. É membro da Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar. É membro fundador da Associação Portuguesa para o Estudo e Prevenção dos Abusos Sexuais de Crianças e da Associação EMDR Portugal. É fundadora e Directora Clínica da Clínica Psicologia Lisboa.


CONTACTOS:
Morada: Av. João XXI, nº. 28, 2º.Dir, Lisboa
Telefone: 96 140 49 50
Telefone: 91 437 50 55
Email: clinica.psicologia.lisboa@gmail.com
Site: www.clinicapsicologialisboa.com

PESQUISAR NESTE BLOG

 

tags

todas as tags

links

SUBSCREVER FEEDS