Bem-vindo(a) ao Consultório Psicologia Familiar. Aqui poderá expor as suas questões e obter informações úteis sobre Vida Familiar.
ENVIE A SUA QUESTÃO.
As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato. Nenhuma resposta pressupõe um diagnóstico por parte da nossa equipa nem a substituição de um acompanhamento especializado.

POSTS RECENTES

Tipos de Ansiedade

Problemas de Ansiedade

Problemas de comunicação

Auto-Estima

Psicoterapia para Depress...

Casal Feliz, Como ser?

Casal e os Filhos de outr...

Bom relacionamento

Boa Relação Intima

Perturbação Bipolar

ARQUIVOS

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Setembro 2011

Quarta-feira, 18 de Abril de 2012

Tarefas Domésticas: Conflito ou Negociação?

Clínica Psicologia Lisboa Tarefas Domésticas

 

A divisão das tarefas domésticas sendo um dos mais frequentes problemas de relacionamento relatados pelos casais, é uma das áreas de negociação que deveria ser das mais fáceis de resolver, mas geralmente não é assim.

 

Uma das razões prende-se com o facto de tradicionalmente o homem não faz a sua parte na limpeza da casa, nas compras de supermercado, no lavar
a roupa ou a loiça. Pode dever-se a não ter sido habituado na casa dos seus pais, mas o facto é que colocar estas tarefas sobre a mulher justificando-se consciente ou inconscientemente com a sua infância cria na maioria das vezes situações que são sentidas como falta de respeito.

 

O homem pode até acreditar que as tarefas domésticas são obrigação de ambos, mas muitas vezes o seu comportamento diz o contrário.

 

Uma outra questão que potencia este problema é que frequentemente a mulher personaliza negativamente este comportamento do homem sentindo-se atingida no seu valor – que ele não valoriza o seu esforço, que ele não aprecia a sua dedicação, que ele não a ama.

 

Por vezes os homens referem que nem reparam que a mulher está a fazer o trabalho todo de casa. Depois de reconhecerem que falharam nesse compromisso pedem desculpa, mas surpreendentemente a coisa habitualmente dura pouco; a mulher censura, critica e resmunga perante a falta de atenção devida, uma posição que a maioria das mulheres detesta.

 

Uma boa técnica para minimizar esta diferença é preparar uma espécie de contracto no qual são listadas todas as coisas essenciais relacionadas com as tarefas domésticas.

 

Neste contracto, faça duas colunas para cada tarefa. Uma das colunas servirá para registas quem faz a tarefa actualmente. A segunda coluna irá reflectir o resultado da negociação, ou seja: quem concorda em fazer essa tarefa no futuro.

 

Entre as tarefas habituais de compras para a casa, cozinhar, lavar e estender a roupa, passar a ferro, limpar as casas de banho, aspirar e limpar o pó, não se deve esquecer as tarefas relacionadas com os filhos, o ver o correio, o pagamento de contas, o controlo financeiro, a papelada burocrática, despejar o lixo, lavar e aspirar o carro, etc.

 

O benefício de fazer esta negociação é que ela é tanto um mapa anti-esquecimento e anti-distracção como é um contracto de compromisso no sentido de reforçar o entendimento da realidade que ambos acordaram estar a decorrer.

 

Clínica Psicologia Lisboa

Marque Consulta Psicologia

publicado por Clínica Psicologia Lisboa às 14:19
link do post | favorito

O Consultório Psicologia Familiar é desenvolvido pela Clínica Psicologia Lisboa.

TORNE-SE FÃ DA NOSSA PÁGINA
psicoterapiaDr. Pedro Albuquerque licenciou-se em Psicologia Clínica e do Aconselhamento, especializou-se em Psicoterapia de Grupo, Terapia de Casal e Coaching. Desenvolveu a sua práctica clínica no Hospital Júlio de Matos e em clínicas privadas. Possui estudos de doutoramento em Psicologia Clínica, pela Universidade de Coimbra. Formação em EMDR e Programação Neuro-Linguistica. É membro da Sociedade Portuguesa de Psicodrama, da Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar, da Sociedade Portuguesa de Psicoterapias Construtivistas e da Associação Portuguesa para o Mindfulness. É fundador da Clínica Psicologia Lisboa.

psicoterapiaDr. Ana Teresa Marques licenciou-se em Psicologia Clínica, especializou-se em Psicoterapia Individual, Terapia de Casal e da Familia. Desenvolveu a sua práctica clínica no Instituto de Cardiologia Preventiva e em clínicas privadas. É membro da Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar. É membro fundador da Associação Portuguesa para o Estudo e Prevenção dos Abusos Sexuais de Crianças e da Associação EMDR Portugal. É fundadora e Directora Clínica da Clínica Psicologia Lisboa.


CONTACTOS:
Morada: Av. João XXI, nº. 28, 2º.Dir, Lisboa
Telefone: 96 140 49 50
Telefone: 91 437 50 55
Email: clinica.psicologia.lisboa@gmail.com
Site: www.clinicapsicologialisboa.com

PESQUISAR NESTE BLOG

 

tags

todas as tags

links

SUBSCREVER FEEDS