Bem-vindo(a) ao Consultório Psicologia Familiar. Aqui poderá expor as suas questões e obter informações úteis sobre Vida Familiar.
ENVIE A SUA QUESTÃO.
As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato. Nenhuma resposta pressupõe um diagnóstico por parte da nossa equipa nem a substituição de um acompanhamento especializado.

POSTS RECENTES

Tipos de Ansiedade

Problemas de Ansiedade

Problemas de comunicação

Auto-Estima

Psicoterapia para Depress...

Casal Feliz, Como ser?

Casal e os Filhos de outr...

Bom relacionamento

Boa Relação Intima

Perturbação Bipolar

ARQUIVOS

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Setembro 2011

Sexta-feira, 22 de Maio de 2015

Auto-Estima, Porque é tão importante?

Auto Estima

 

Nada é tão importante como a forma ou o modo como sente e pensa acerca de si mesma – Auto-Estima.

Uma opinião favorável acerca de si, acerca do que faz e do amor que tem por si própria, ou seja uma elevada auto-estima, é algo que a maioria das pessoas sente que precisava.

Todas as pessoas sabem que ter uma auto-estima mais elevada melhora a forma como se vive. Mas porquê? Que efeito espetacular é esse que torna a auto-estima tão importante na vida de todas as pessoas?

Com uma auto-estima elevada a vida torna-se mais simples e leve.

Quando gosta de si as coisas tornam-se mais fáceis. Você não faz tempestades em copos de água, pelo menos não tão frequente. Você não se deita abaixo e não se chicoteia simplesmente porque errou, falhou ou não atingiu aquele patamar sobre-humano da perfeição.

Com uma auto-estima elevada você tem mais estabilidade emocional.

Quando a auto-estima é mais elevada, quando a opinião que tem de si é mais favorável, não tem tanta necessidade de tentar a aprovação e a valorização das outras pessoas. Claro que todos precisamos de alguma aprovação e valorização dos outros, essa necessidade é saudável, mas em excesso é difícil de conseguir seguir o seu caminho e o da aprovação ao mesmo tempo. Se a auto-estima for mais elevada, você sente menos necessidade de validação positiva e aprovação e a sua vida emocional deixa de ser uma montanha russa e passa a ser um campo verdejante num dia de primavera.

Com uma auto-estima elevada você tem mais foco para o que lhe é importante e desvia-se menos do acessório.

Se reparar bem, para a maioria das pessoas o pior inimigo são elas próprias, ou seja a forma e o modo como sentem e pensam acerca de si mesmas – baixa auto-estima. Quando se eleva a auto-estima começa-se a sentir que se merece mais da vida e dessa forma irá atrás dessas coisas. Irá empenhar-se e motivar-se em consegui-las, porque sente e pensa que as merece ter. Dessa forma é muito provável que tenha mais êxito em conseguir o que pretende o que faz aumentar a auto-estima. É um ciclo que se auto-alimenta.

Com uma auto-estima elevada você sente que tem mais poder atractivo nas relações.

Quando a auto-estima é mais elevada você tem todos os benefícios descritos o que faz com que seja apetecível estar consigo, conviver consigo. Todas as pessoas gostam de alguém que lhes pareça genuinamente seguro, confiante e com elevada auto-estima. As pessoas que você quer ter na sua vida também querem isso. Estar consigo passa a ser mais fácil. Menos ciúmes, menos desconfiança. Mais motivação, objectivos e dedicação.

 

 

 

 

 

Marcar Consulta Psicologia Lisboa

Marcar Terapia Casal

Marcar Consulta Psicoterapia Lisboa

Marcar Consulta Psicologia Porto

publicado por Clínica Psicologia Lisboa às 15:17
link do post | favorito

O Consultório Psicologia Familiar é desenvolvido pela Clínica Psicologia Lisboa.

TORNE-SE FÃ DA NOSSA PÁGINA
psicoterapiaDr. Pedro Albuquerque licenciou-se em Psicologia Clínica e do Aconselhamento, especializou-se em Psicoterapia de Grupo, Terapia de Casal e Coaching. Desenvolveu a sua práctica clínica no Hospital Júlio de Matos e em clínicas privadas. Possui estudos de doutoramento em Psicologia Clínica, pela Universidade de Coimbra. Formação em EMDR e Programação Neuro-Linguistica. É membro da Sociedade Portuguesa de Psicodrama, da Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar, da Sociedade Portuguesa de Psicoterapias Construtivistas e da Associação Portuguesa para o Mindfulness. É fundador da Clínica Psicologia Lisboa.

psicoterapiaDr. Ana Teresa Marques licenciou-se em Psicologia Clínica, especializou-se em Psicoterapia Individual, Terapia de Casal e da Familia. Desenvolveu a sua práctica clínica no Instituto de Cardiologia Preventiva e em clínicas privadas. É membro da Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar. É membro fundador da Associação Portuguesa para o Estudo e Prevenção dos Abusos Sexuais de Crianças e da Associação EMDR Portugal. É fundadora e Directora Clínica da Clínica Psicologia Lisboa.


CONTACTOS:
Morada: Av. João XXI, nº. 28, 2º.Dir, Lisboa
Telefone: 96 140 49 50
Telefone: 91 437 50 55
Email: clinica.psicologia.lisboa@gmail.com
Site: www.clinicapsicologialisboa.com

PESQUISAR NESTE BLOG

 

tags

todas as tags

links

SUBSCREVER FEEDS