Bem-vindo(a) ao Consultório Psicologia Familiar. Aqui poderá expor as suas questões e obter informações úteis sobre Vida Familiar.
ENVIE A SUA QUESTÃO.
As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato. Nenhuma resposta pressupõe um diagnóstico por parte da nossa equipa nem a substituição de um acompanhamento especializado.

POSTS RECENTES

Tipos de Ansiedade

Problemas de Ansiedade

Problemas de comunicação

Auto-Estima

Psicoterapia para Depress...

Casal Feliz, Como ser?

Casal e os Filhos de outr...

Bom relacionamento

Boa Relação Intima

Perturbação Bipolar

ARQUIVOS

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Setembro 2011

Quinta-feira, 8 de Maio de 2014

Relacionamento, O que é preciso para ter um bom

relacionamento

O que é preciso para ter um bom relacionamento?

Está empenhado(a) em ter um bom relacionamento ou melhorar o relacionamento que já tem e quer saber como?

Relacionamento - Vão para a cama ao mesmo tempo

Lembra-se de como era no início do relacionamento. Você não podia esperar para ir para a cama para fazer amor com pessoa amada. Um relacionamento feliz é aquele que resiste à tentação de não irem para a cama ao mesmo tempo. As pessoas que estão num relacionamento feliz deitam-se ao mesmo tempo. Passam esse tempo de intimidade juntos. É um tempo só para eles, sem tarefas e afazeres. Nem precisa de haver sexo todos os dias. Basta que haja intimidade, aproximação e partilha emocional. Isso acontece mesmo que um das pessoas se levante depois porque não tem sono ou porque quer ver um filme.

Relacionamento – Partilhar de interesses comuns

Quando as pessoas estão apaixonadas o relacionamento é sempre bom. Não porque as coisas corram sempre bem, mas porque a intensidade do interesse mútuo é elevada. Quando a paixão passa e dá lugar a um sentimento mais tranquilo e menos intenso é necessário cultivar esse interesse comum no relacionamento. Os interesses comuns até podem mudar. Numa fase é conhecer a outra pessoa em todos os aspectos, outra fase é a companhia, outra fase é o desenvolvimento do projecto comum que pode ser a casa, os filhos, as viagens, etc. Seja que fase for, o importante saber que a ligação emocional à outra pessoa é feita através de interesse comum e partilhado no relacionamento.

Relacionamento – Toque, mãos dadas e lado a lado

As pessoas que dizem ter um bom relacionamento têm uma relação de igual para igual, caminham na vida lado a lado e dão a mão ao outro quando ele precisa. O que é que isto quer dizer? Quer dizer que as pessoas que têm um relacionamento feliz sabem que podem contar com a outra pessoa, confiam nela, sentem-se emocionalmente protegidas e seguras. Existem duas formas de transmitir esse sentimento no relacionamento. Uma é quando uma pessoa está numa situação difícil e precisa muito da outra pessoa. Felizmente essas situações são pouco frequentes na vida, mas acontecem sempre. A outra forma é todos os dias através do toque carinhoso, do dar a mão na rua, do sentar lado a lado, etc.

 

Consulta Psicologia em Lisboa

Consulta Terapia de Casal

Consulta Psicoterapia em Lisboa

 

publicado por Clínica Psicologia Lisboa às 11:01
link do post | favorito

O Consultório Psicologia Familiar é desenvolvido pela Clínica Psicologia Lisboa.

TORNE-SE FÃ DA NOSSA PÁGINA
psicoterapiaDr. Pedro Albuquerque licenciou-se em Psicologia Clínica e do Aconselhamento, especializou-se em Psicoterapia de Grupo, Terapia de Casal e Coaching. Desenvolveu a sua práctica clínica no Hospital Júlio de Matos e em clínicas privadas. Possui estudos de doutoramento em Psicologia Clínica, pela Universidade de Coimbra. Formação em EMDR e Programação Neuro-Linguistica. É membro da Sociedade Portuguesa de Psicodrama, da Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar, da Sociedade Portuguesa de Psicoterapias Construtivistas e da Associação Portuguesa para o Mindfulness. É fundador da Clínica Psicologia Lisboa.

psicoterapiaDr. Ana Teresa Marques licenciou-se em Psicologia Clínica, especializou-se em Psicoterapia Individual, Terapia de Casal e da Familia. Desenvolveu a sua práctica clínica no Instituto de Cardiologia Preventiva e em clínicas privadas. É membro da Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar. É membro fundador da Associação Portuguesa para o Estudo e Prevenção dos Abusos Sexuais de Crianças e da Associação EMDR Portugal. É fundadora e Directora Clínica da Clínica Psicologia Lisboa.


CONTACTOS:
Morada: Av. João XXI, nº. 28, 2º.Dir, Lisboa
Telefone: 96 140 49 50
Telefone: 91 437 50 55
Email: clinica.psicologia.lisboa@gmail.com
Site: www.clinicapsicologialisboa.com

PESQUISAR NESTE BLOG

 

tags

todas as tags

links

SUBSCREVER FEEDS