Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório Psicologia Familiar

Bem-vindo(a) ao Consultório Psicologia Familiar. Aqui poderá expor as suas questões e obter informações úteis sobre Vida Familiar.

Consultório Psicologia Familiar

Bem-vindo(a) ao Consultório Psicologia Familiar. Aqui poderá expor as suas questões e obter informações úteis sobre Vida Familiar.

Boa Relação, Como ter uma?

15.05.14, Clínica Psicologia Lisboa
O que é preciso para ter uma boa relação?As pessoas que têm uma boa relação fazem isto: Boa relação – Dar e ReceberAs pessoas que têm uma boa relação valorizam mais o que a outra pessoa faz bem do que falha. Todas as pessoas falham, ninguém é perfeito e ajustar as expectativas pessoais à capacidade da outra pessoa fazer e dar de si à relação é uma das mais (...)

Relacionamento, O que é preciso para ter um bom

08.05.14, Clínica Psicologia Lisboa
O que é preciso para ter um bom relacionamento? Está empenhado(a) em ter um bom relacionamento ou melhorar o relacionamento que já tem e quer saber como? Relacionamento - Vão para a cama ao mesmo tempoLembra-se de como era no início do relacionamento. Você não podia esperar para ir para a cama para fazer amor com pessoa amada. Um relacionamento feliz é aquele que (...)

Má Relação, como evitar

21.03.14, Clínica Psicologia Lisboa
  Existem algumas regras para evitar cair numa má relação. Para evitar uma má relação tem que haver amor, intimidade emocional e sexual e romance.Estes são os pilares de um relacionamento amoroso e a forma de evitar uma má relação (...)

Para uma Relação Fantástica

12.03.14, Clínica Psicologia Lisboa
Qual a diferença entre uma relação fantástica e uma relação assim-assim?Na verdade, as diferenças são muito pequenas. Não são necessárias coisas inacessíveis, difíceis ou estranhas para transformar a uma relação numa relação fantástica. Relação Fantástica – Compreender e Conhecer as Necessidades do OutroA principal razão pela qual as relação podem não (...)

Trabalho a Mais, Relação a Menos

26.02.14, Clínica Psicologia Lisboa
  No clima de economia actual, quando falamos de trabalhos geralmente referimo-nos à falta de emprego, ou de oportunidades, ou às baixas remunerações. Mas começa a existir um fenómeno cada vez mais frequente que é o impacto que o trabalho tem nas relações e na família. O aumento das exigências, da precariedade, da fraca economia e as questões de personalidade (...)

Alimentar o Amor, Exercício para alimentar uma boa relação

21.02.14, Clínica Psicologia Lisboa
Apesar de ser muito agradável sentir amor e apreço por parte da outra pessoa, a maioria de nós confessa que se sente desconfortável e estranho quando lhe fazem um elogio. Na verdade, quase conseguimos ouvir-nos a negar, contradizer e a recusar os elogios como sendo verdadeiros, genuínos e honestos. Faça o seguinte exercício: Escreva as coisas que gosta, aprecia e (...)

Mau Comportamento, Nas Crianças

10.02.14, Clínica Psicologia Lisboa
Todas as crianças têm fases de mau comportamento, algumas mais que outras e algumas mais mal que outras.Estes três passos irão diminuir o mau comportamento da criança e reduzir a frequência e intensidade dos problemas de comportamento. Mau comportamento – A base é a RelaçãoUma relação estável e amada entre pais e filhos é a base para um desenvolvimento saudável (...)

Como fazer para lidar com o comportamento de oposição?

07.02.14, Clínica Psicologia Lisboa
O comportamento de oposição da criança às regras educativas dos pais e da escola é um problema cada vez mais comum na infância nos dias de hoje. Como fazer para lidar com o comportamento de oposição?Lidar com o comportamento de oposição – Responder ser revolta ou zangaÉ importante dar resposta ao comportamento da criança mas sem expressar zanga, revolta ou (...)

Nunca Pare de Comunicar

29.01.14, Clínica Psicologia Lisboa
  Uma relação saudável assenta sobre uma boa comunicação. Quando as pessoas deixam de comunicar, deixam de se relacionar e nas alturas de mudança ou de stress pode surgir a sensação de caminhos diferentes. Desde que o casal continue a comunicar podem sempre enfrentar quaisquer problemas que surjam.   Cada um de nós é diferente do outro no modo como recebe e dá (...)

Procurar ajuda: Para a criança ou para os pais?

27.01.14, Clínica Psicologia Lisboa
Muitas vezes surgem no nosso consultório pedidos de consultas para crianças de tenra idade, dois, três anos, onde claramente se percebe apenas pelo pedido telefónico, que algo não está a funcionar na dinâmica familiar. Pais e mães, têm uma expectativa de um bebé imaginário, que lhes irá preencher o desejo de serem os melhores pais e educadores, mas também muitas (...)