Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório Psicologia Familiar

Bem-vindo(a) ao Consultório Psicologia Familiar. Aqui poderá expor as suas questões e obter informações úteis sobre Vida Familiar.

Consultório Psicologia Familiar

Bem-vindo(a) ao Consultório Psicologia Familiar. Aqui poderá expor as suas questões e obter informações úteis sobre Vida Familiar.

Perturbação Bipolar

09.06.15, Clínica Psicologia Lisboa

Perturbação Bipolar

 

Perturbação Bipolar - Quem está em risco?

A perturbação bipolar afecta tanto homens como as mulheres.

Na maioria dos casos os sintomas surgem entre os 15 e os 30 anos.

As pessoas que têm familiares em primeiro grau têm maior risco de ter Perturbação Bipolar. Mas a perturbação bipolar não tem unicamente uma base genética para se manifestar.

Acontecimentos de vida stressantes, abuso de substâncias e instabilidade emocional são factores que podem desencadear perturbação bipolar em pessoas com pré-disposição

 

A vida dia a dia com Perturbação Bipolar

A perturbação bipolar é uma condição psiquiátrica e psicologia que provoca grandes alterações no trabalho, na vida familiar e social. Quase 90% das pessoas com perturbação bipolar não consegue manter uma estabilidade financeira e profissional. As alterações de humor criam igualmente uma forte instabilidade na família e colegas das pessoas com perturbação bipolar. Principalmente quando as pessoas estão numa fase de humor maníaco em que as famílias e colegas ficam assustados com os comportamentos desadequados e exagerados característicos da perturbação bipolar nesta fase.

 

Perturbação Bipolar e o Consumo de Substâncias

Mais de metade das pessoas com perturbação bipolar que não estão a receber o tratamento médico e a fazer psicoterapia têm problemas com o consumo de álcool ou outras substâncias. Habitualmente o padrão de consumos tem como função a regulação e o alivio do estado do humor. Estes comportamentos são especialmente danosos durante a fase maníaca.

 

Diagnostico na Perturbação Bipolar

Um passo fundamental para diagnosticar perturbação bipolar é a exclusão de outras causas que provoquem alterações de humor. Outras causas como abuso de substâncias, problemas da tiroide, HIV, Hiperactividade, efeitos secundários de medicação e outras complicações psiquiátricas.

Apesar de não haver nenhum meio auxiliar de diagnóstico para a perturbação bipolar, o psiquiatra é o elemento mais bem qualificado para fazer essa avaliação e diagnóstico.

 

Psicoterapia para a Perturbação Bipolar

A psicoterapia para a perturbação bipolar ajuda as pessoas a manterem uma adesão à medicação e a lidarem com as situações da vida que lhes provoca alterações do humor, que por sua vez influencia a forma como as pessoas se relacionam com ela.

A Psicoterapia Cognitivo Comportamental dá conta da prioridade em alterar os pensamentos e comportamentos que derivam das alterações do humor.

 

A Psicoterapia Interpessoal dá conta da complexidade das relações que se estabelecem entre as pessoas e que influenciam as alterações de humor.

 

Familiares, Amigos e Colegas

Os familiares, amigos e colegas podem não compreender a perturbação bipolar. Os periodos depressivos são habitualmente longos e causam frustração por as outras pessoas sentirem impotencia em não conseguir ajudar a pessoa com perturbação bipolar. Nos episódios maníacos as outras pessoas ficam muito assustadas pois os comportamentos exagerados e desadequados são resistentes à racionalidade e neste sentido as outras pessoas não os conseguem fazer mudar. Ter um ambiente social e familiar que compreenda as fases da perturbação bipolar é fundamental. É fundamental saber quando e como conduzir a pessoa com perturbação bipolar ao médico e à psicoterapia.

 

Quando é que é necessário ajuda na Perturbação Bipolar

A maioria das pessoas com perturbação bipolar não se dá conta da necessidade do problema que têm e evitam receber tratamento médico e psicológico. Se é um familiar ou amigo, não evidencie que a perturbação bipolar é uma falha no carácter, na personalidade ou no mau feitio da pessoa, mas antes refira que as alterações de humor são bastantes frequentes e que afectam a maioria das pessoas, no entanto, essas alterações de humor estão a trazer problemas de relação com os outros. Se a pessoa achar que tem toda a razão do mundo para fazer o que faz, não tente chama-la à "razão" pois não vai funcionar. Chame a atenção para o facto de apesar de a pessoa poder ter razão existem formas diferentes de explicar isso às pessoas porque nem sempre elas entendem à primeira. Coloque como objectivo levar a pessoa com perturbação bipolar ao psiquiatra e seguidamente à consulta de psicologia.

 

Clínica Psicologia Lisboa

Consultório Terapia Casal

Consulta Psicoterapia Lisboa

Clínica Psicologia Porto