Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório Psicologia Familiar

Bem-vindo(a) ao Consultório Psicologia Familiar. Aqui poderá expor as suas questões e obter informações úteis sobre Vida Familiar.

Consultório Psicologia Familiar

Bem-vindo(a) ao Consultório Psicologia Familiar. Aqui poderá expor as suas questões e obter informações úteis sobre Vida Familiar.

Procurar ajuda: Para a criança ou para os pais?

27.01.14, Clínica Psicologia Lisboa
Muitas vezes surgem no nosso consultório pedidos de consultas para crianças de tenra idade, dois, três anos, onde claramente se percebe apenas pelo pedido telefónico, que algo não está a funcionar na dinâmica familiar. Pais e mães, têm uma expectativa de um bebé imaginário, que lhes irá preencher o desejo de serem os melhores pais e educadores, mas também muitas (...)

O Sono dos Filhos e o Casal

23.11.13, Clínica Psicologia Lisboa
  Muitos casais reportam que a sua vida de casal sofreu uma profunda alteração com o nascimento dos filhos. De uma vida a dois, centrada na relação e com tempo para tudo, passa-se a uma vida totalmente dedicada aos filhos onde o casal passa de apaixonado a amigo, de amoroso a funcional. Tarefas e mais tarefas, horas de sono trocadas e por vezes perdidas tornam a relação (...)

Medos na Infância e na Adolescência

27.11.12, Clínica Psicologia Lisboa
  Já todos vivemos algum tipo de medo na nossa vida. Por vezes ainda hoje, em determinados circunstâncias continuamos a senti-los. As crianças sentem uma variedade de medos ao longo do seu crescimento, que podem ser de carácter leve e passageiro ou que podem instalar-se de forma mais duradoura. Normalmente até ao 1º ano de vida o desconhecido e estranho provoca medo (...)

O Meu Filho Não Me Obedece Em Nada e Desafia-me Constantemente!

05.03.12, Clínica Psicologia Lisboa
    Questão colocada: “Tenho um menino de 6 anos que não me obedece em nada e que me desafia constantemente. Já não sei o que fazer. Ontem por exemplo estive até as 2h da manhã para que ele pusesse os brinquedos dentro do quarto e ele ia pondo os brinquedos fora do quarto à medida que eu punha dentro. De manhã, vai à mochila dele e tira o lanche que lhe preparo, (...)